Atual campeão, Caio Costa comanda o show no primeiro dia do Rip Curl Grom Search em Garopaba

Atual campeão, Caio Costa comanda o show no primeiro dia do Rip Curl Grom Search em Garopaba

ETAPA INICIAL DO CIRCUITO TEM FINAIS NESTE DOMINGO NA PRAIA DA FERRUGEM

O Rip Curl Grom Search 2020 começou em grande estilo, com ondas grandes, com esquerdas longas de até 1,5 metro, sol, mar cristalino e disputa de altíssimo nível entre os talentos da nova geração, neste sábado (25), na Praia da Ferrugem, em Garopaba/SC. Na categoria mirim, para surfistas com até 16 anos, o atual campeão do Circuito, o paulista Caio Costa começou muito bem e comandou o show no primeiro dia de disputas, com grandes performances nos quatro rounds que surfou.

Destaque para a última apresentação, somando incríveis 17,25 pontos, de 20 possíveis, com direito a notas 9 e 8,25. “Confesso que me achei mais nas baterias do que no freesurf. As condições estão ótimas, tem altas ondas e gosto de mar grande. Está tudo indo certo, estou confiante, fazendo o meu surf, solto e indo bateria a bateria”, vibrou o atual campeão do Rip Curl Grom Search e também campeão brasileiro sub16.

O primeiro dia foi reservado para os atletas da sub16 e da iniciante (no máximo 14 anos), devido às condições do mar, já definindo os finalistas em ambas. Os atletas mostraram muito preparo físico para aguentar a “maratona” de baterias em ondas grandes, exigindo muitas remadas. Junto com Caio, os destaques foram o catarinense Léo Casal, com a segunda maior média, 16,35 pontos, empatando na maior nota, 9 pontos, e o paranaense Ryan Coelho, que chegou             às duas finais.

Entre os mais velhos, Caio Costa se classificou para uma nova final ao lado de Léo Casal, Ryan Coelho e do baiano radicado em SC, Kayki Araújo. Já o catarinense Heitor Mueller, vencedor da etapa em 2019 e que também surfou bem nas primeiras fases, acabou parando nas quartas-de-final, em sétimo lugar.

Na sub14, Ryan mostrou Ryan garantiu classificação junto com os paulistas Kauã Campos e Murillo Coura e o catarinense Takeshi Oyama. O também paulista Guilherme Fernandes, que teve a maior somatória do dia na categoria, com 16 pontos, acabou parando na semi.

Neste domingo, o evento segue a partir das 8 horas, também com as categorias feminina (limite de 16 anos), com destaque para a atual bicampeã Sophia Medina, e grommet (12 anos para baixo). As finais serão realizadas das 12h15 às 13h30 e todas as disputas serão transmitidas ao vivo pelo link www.ripcurl.com.br/grom-search-2020 e também pelo Youtube, no endereço www.youtube.com/watch?v=rPDVzOt3KTg.

JUIZ DO CT – Se no mar, o nível foi elevado, no palanque não ficou atrás, tendo Luli Pereira, juiz titular do Championship Tour (CT) desde 2009 no comando do julgamento na etapa, que também contou com outros dois profissionais que atuam na elite do surf mundial, Luiz Antonio Dantas, que também faz parte do quadro internacional da World Surf League (WSL) e o locutor klaus Kaiser, responsável pelas transmissões em português das etapas do Circuito.

“A primeira edição desse campeonato que trabalhei foi em 2008 e tive oportunidade de acompanhar Gabriel Medina, Filipe Toledo, Jessé Mendes, entre muitos outros, e é uma satisfação muito grande fazer parte e poder contribuir para o bom andamento desse evento e para a evolução desses garotos e garotas, que são o futuro do surf brasileiro”, afirma Luli Pereira.

Ele destaca que trabalhar no Rip Curl Grom Search lhe dá a chance de acompanhar de perto a nova geração do surf brasileiro. “O que eles estão fazendo, como estão vindo, em que nível estão se preparando para o futuro profissional”, reforça o juiz de surf catarinense, que está com 43 anos, atua no Circuito Mundial desde 2005 e desde o ano passado é “Associate International Head Judge”.

Além do show de surf, a etapa contou com muitas atrações na areia. Os atletas tinham à disposição massoterapia, pintura de pranchas com o artista Marcello Macarrão, distribuição de mudas nativas e o gerenciamento de resíduos com a ONG Eco Local Brasil, o Mini Museu do Mar, apresentando a biodiversidade marinha da região, e o Museu do Lixo, ambos do Instituto Monitoramento Mirim Costeiro.

Há, também, cama elástica, futmesa e ativações da GoPro e Brazinco, patrocinadores do Circuito. Outra grande atração foi a tradicional confraternização, realizada em todas as etapas, com atletas, pais e técnicos, no Bar Interditado, com show da Banda Dabêra, jantar e palestra da Eco Local Brasil sobre o meio ambiente.

O Rip Curl Grom Search 2020 é uma realização da Rip Curl e tem os patrocínios de GoPro e Brazinco, com apoios de Jandaia Cadernos, Loja Rip Curl Garopaba, Prefeitura de Garopaba, Lojas WQSurf, Loja Rip Curl Barra Shopping, Prefeitura do Rio de Janeiro, Supervisão da Fecasurf e Feserj, com organização da Swell Promoção e Produção de Eventos, cobertura da FMA Notícias e Gestão ambiental da ONG Eco Local Brasil.


FOTOS DIVULGAÇÃO. CRÉDITOS: MATUSA GONZAGA @matusa72 e GOPRO


Divulgação e créditos por: FMA NOTÍCIAS – Fábio Maradei

 

(Visited 13 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.