Chandler Ribeiro estreia no 25º A Tribuna de Surf Colegial nesta segunda-feira

Chandler Ribeiro estreia no 25º A Tribuna de Surf Colegial nesta segunda-feira

SURFISTA DE SÃO SEBASTIÃO COMPETIRÁ PELA PRIMEIRA VEZ NAS ONDAS JUNTO AO QUEBRA-MAR

 

A expectativa é de fazer uma boa estreia, tanto no 25º A Tribuna de Surf Colegial, quanto no Quebra-Mar, em Santos. Chandler Ribeiro, de São Sebastião, pode ser considerado um novato na modalidade e está animado com a sua primeira participação no tradicional campeonato, que já revelou grandes nomes e tem como destaque o incentivo aos estudos, nesta segunda-feira (7), na Praia do José Menino.

A competição seria realizada sábado, mas foi transferida por falta de ondas. Em disputa, surfistas de Ilha Comprida a Sao Sebastião, regularmente matriculados em escolas de ensino fundamental e médio (condição obrigatória para participar) e divididos em quatro categorias – júnior e feminina (até 18 anos), mirim (no máximo 16 anos) e iniciante (limite de 14 anos). Outra atração será a disputa por escolas.

Inscrito na júnior, Chandler está animado com o evento. Há três anos ele nem surfava. Era skatista e se divertia sempre na pista da modalidade em Boiçucanga. Mas mudou de esporte depois do “olhar clínico” de Charles Saldanha, pai e técnico de Gabriel Medina. Ao levar a filha caçula Sophia Medina no espaço de skate, Charlão viu o potencial do futuro surfista e o convidou para treinar no Instituto do bicampeão mundial de surf, na praia de Maresias.

“No começo foi difícil, porque a galera era boa. Mas fui me adaptando”, recorda o atleta de 16 anos, animado com o retorno das competições. “Como neste ano infelizmente não teve muitos campeonatos, eu acredito que vai ser uma vibe muito boa, um nível alto”, afirma Chandler. “Já ouvi muito deste evento, que revelou uma das minhas inspirações do surf e para vida, que é o Mineirinho”, conta o surfista que está escalado na categoria júnior (até 18 anos).

Para ele, competir pela primeira vez no Quebra-Mar também será uma boa experiência. Fora do mar, ele garante ser bom aluno e projeta um futuro ligado ao surf. “Mesmo com todas as competições que temos durante o ano, nós atletas temos de nos dedicar ao máximo para ter bons resultados em ambos”, argumenta Chandler.

“Meus planos são de continuar treinando forte, não só o físico, mas principalmente o mental, para que um dia eu possa estar pronto para competir com os meus ídolos com a intenção de dar sempre o meu melhor, independente de tudo, pois sei que só depende de mim e das ondas para que o resultado venha!”, acrescenta o surfista.

O 25º A Tribuna de Surf Colegial tem início às 8 horas e as finais serão realizadas a partir das 14h45. As baterias e cronograma estão disponíveis no link www.fpsurf.com.br/eventos/20/tri/tri01/news/aovivo1.php. Também durante o evento será realizada a homenagem aos  campeões mundiais de surf adaptado, Malu Mendes, Mike Richard e Alcino Pirata, que comemoraram as medalhas de ouro no ISA World Para Surfing, na Califórnia.

O 25º A Tribuna de Surf Colegial tem o patrocínio master de Blue Med Saúde, com patrocínio de DP World Santos. Apoio: Silver Surf. organização: Associação Sócio Educativa de Esporte e Lazer (ASEEL), Promifae – Prefeitura de Santos.



Divulgação e créditos por: FMA NOTÍCIAS – Fábio Maradei

(Visited 32 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.